RECOMENDAÇÕES PARA COLETA, ACONDICIONAMENTO E ENVIO DE AMOSTRAS PARA DIAGNÓSTICO DE COVID-19)

I. COLETA DE AMOSTRAS

⦁ A coleta de amostra está indicada sempre que ocorrer a identificação de um caso suspeito de Covid-2019;
⦁ Recomenda-se a coleta de aspirado de nasofaringe (ANF) ou swab nasal, amostras de secreção respiratória inferior (escarro, lavado traqueal ou lavado bronco alveolar);
⦁ A coleta da amostra deve ser realizada preferencialmente até o 3º dia dos primeiros sintomas podendo ser estendida até o 7º dia;
⦁ Antes de proceder a coleta retirar o Meio de Transporte Viral (MTV) do freezer a -20° C, esperar alcançar a temperatura ambiente;
⦁ Identificar o frasco contendo a amostra, com o nome do paciente, data de nascimento, data e hora da coleta;
⦁ As amostras devem ser encaminhadas com urgência para o LACEN-MA em até 24horas.

II. COMPOSIÇÃO DO KIT
– 01 tubo contendo Meio de Transporte Viral
– 03 swabs em rayon

NOTA: Não utilizar os tubos contidos na embalagem dos swabs, usar APENAS os swabs . o tubo contendo o meio de transporte viral é o tubo falcon de tampa azul.

SwabIII. BIOSSEGURANÇA
O profissional responsável pela coleta das amostras deve OBRIGATORIAMENTE estar portando os seguintes equipamentos de proteção individual (EPI): gorro, máscara N95, Jaleco de mangas longas, óculos de proteção e luvas de procedimentos.

IV. COLETA DE SWABS DE NASOFARINGE E OROFARINGE
Devem ser coletados dois swabs de nasofaringe (um para cada narina).
⦁ Swab de nasofaringe– A coleta deve ser realizada com a fricção do swab na região posterior do meato nasal tentando obter um pouco das células da mucosa. Coletar swab nas duas narinas (um swab para cada narina)
⦁ Swab de orofaringe– Colher swab na área posterior da faringe e tonsilas, evitando tocar na língua.
⦁ .Após a coleta, inserir os três swabs em um mesmo tubo contendo 3 mL de meio de transporte viral. Lacrar e identificar adequadamente o frasco e manter refrigerado entre 4 º a 8°C (geladeira) até o envio para o LACEN, o que deve ocorrer no prazo máximo de 24 h.

swab coleta orofaringe e nasofaringe

V. ACONDICIONAMENTO E TRANSPORTE DAS AMOSTRAS
⦁ As amostras devem ser mantidas refrigeradas (4-8°C) até o momento do envio para o LACEN-MA, o que deve ocorrer no prazo máximo de 24h. Na impossibilidade de envio dentro do prazo indicado e este ultrapasse 48h, recomenda-se congelar as amostras em freezer a -70°C até o envio.
⦁ O transporte deverá ocorrer em caixa isotérmica contendo gelo reciclável em quantidade suficiente para manter a temperatura até a chegada ao LACEN-MA;
⦁ Identificar a caixa com o símbolo de Risco Biológicoe garantir a completa vedação da tampa para evitar a abertura durante o transporte.
⦁ Antes do envio das amostras a Unidade de Saúde deverá contatar o LACEN-MA, comunicando do dia, e horário de envio da amostra e horário provável da chegada;
⦁ Todas as amostras devem estar acompanhadas da Ficha Epidemiológica (ficha de notificação de caso suspeito- ⦁ http://bit.ly/notificaCOVID19), devidamente preenchida e a requisição do GAL-Gerenciador de Ambiente Laboratorial.

VI. CADASTRO DAS AMOSTRAS

Todas as amostras devem ser cadastradas no sistema de informação GAL- Gerenciador de Ambiente Laboratorial, na requisição de solicitação de exame no preenchimento do campo “Agravo/doença”, selecionar a opção “Covid-2019”, no campo amostra swab nasofarínge, no campo pesquisas/exames selecionar Covid-2019-exame externo .

 

DIREÇÃO GERAL
Luiz Fernando Ramos Ferreira
diretoria.lacen@emserh.ma.gov.br

ENCARREGADA DA REDE DE LABORATÓRIOS
Lécia Maria Sousa Santos Cosme
rede. lacen@emserh.ma.gov.br

ENCARREGADA DA BIOLOGIA MÉDICA
Leticia Botelho Soares Santos
biomedica.lacen@emserh.ma.gov.br

Coordenador do sistema de informação GAL
Melvin Jones Neiva Gomes
gal.lacen@emserh.ma.gov.br

Contatos

contatos

Telefone:

(98) 3232-5373
(98) 3232-2848
(98) 3232-3410

Fax:

Ramal 208

Localização

localização

Rua João Luís, Bairro Diamente, CEP: 65020-320, São Luís, Maranhão

Click to open larger map